Dicas

Locais em São Paulo que estão fechados devido ao surto de Febre Amarela

Dani Pádua
em 30/01/2018 às 16:39

A capital paulista é considerada área de risco de febre amarela, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Com isso é recomendado que todos estrangeiros que forem visitar á cidade, sejam vacinados. Lembrando que a vacinação deve acontecer pelo menos dez dias antes da viagem, para fazer efeito.

Desde outubro passado, alguns parques como o Horto Florestal, Parque Estadual da Cantareira e Parque Ecológico do Tietê foram fechado devido á febre amarela. Mas esse mês eles serão reabertos, mas os visitantes devem estar imunizados para entrarem.

Foram confirmados 29 casos de febre amarela desde janeiro de 2017 em São Paulo, com 13 mortes desde então. Com isso o Estado de São Paulo está em alerta, e fez uma campanha de vacinação fracionada que teve início no dia 25 de janeiro e terminará no dia 17 de fevereiro. A imunização fracionada dura oito anos.

Mesmo com a reabertura dos parques citados acima, alguns parques em São Paulo permanecem fechados e sem previsão de reabertura.

Para quem pretende visitar a capital paulista, fiquem ligados nos parques fechados, para não perderem o passeio.

 

 

Parques fechados em São Paulo:

 

. Parque Anhanguera

. Parque Canivete

. Parque Cientec

. Parque Córrego do Bispo

. Parque Sena

. Parque Pinheirinho d’água

. Parque Jacintho Alberto

. Parque Jardim Felicidade

. Parque Cidade de Toronto

. Parque São Domingos

. Parque Tenente Brigadeiro Faria Lima

. Parque Lions Tucuruvi

. Parque Senhor do Vale

. Parque Rodrigo de Gáspari

. Parque Santo Dias

. Parque Jardim Herculano

. Parque M’Boi Mirim

. Parque Guarapiranga

. Parque Cemucam (Cotia)

. Parque Raposo Tavares

. Parque Juliana de Carvalho Torres

. Parque Linear Feitiço da Vila

. Parque Linear Parelheiros

. Parque Linear Sapé

 

Mais alguns locais fechados em São Paulo:

 

. Jardim Botânico

. Zoológico de São Paulo

. Zoo Safari