O governo argentino aprovou uma nova lei que obrigam comerciantes e taxistas a aceitarem pagamento com cartão de crédito

Dani Pádua
em 12/04/2018 às 18:39

Para a maioria dos brasileiros que visitam o país vizinho Argentina, é extremamente comum que a maioria prefira utilizar o cartão de crédito como meio de pagamento, mesmo com o IOF adicional de 6,38%. Afinal, ao se utilizar cartão de crédito como forma de pagamento, além da enorme comodidade, praticidade e segurança, ela também rende algumas milhas; o que a maioria das pessoas que viajam constantemente adora.

E agora, quem viaja ao país hermano, pode contar também com essa forma de pagamento para os comerciantes e taxistas.

Em 1 º de abril, o governo da Argentina aprovou uma nova lei que obrigam que comerciantes e taxistas aceitem o cartão de crédito como forma de pagamento. As compras e corridas devem ser acima de 10 pesos (em torno de R$1,69) conforme estabelecido pela Administración Federal de Ingresos Públicos (Afip: a Receita Federal argentina) por meio da lei 27.253.

Mas ainda há muitas empresas que não implementaram a nova medida, mesmo com o governo argentino ter fornecido gratuitamente as leitoras de cartões. Mas a medida é válida tanto para cartão de débito, quanto de crédito, já que as máquinas operam as duas formas de pagamento.

Caso algum estabelecimento ainda não aceite cartão de crédito, você pode denunciar.